Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Se a Vida te dá limões...

Rotinas, Organização, Dicas e Desabafos. Uma vida igual a muitas outras!

Continuamos a não dar atenção

Ana Gomes
19
Jan22

Infelizmente mais uma vez uma adolescente de 16 anos partiu! Partiu para que possa descansar de um problema que muitas vezes é incompreendido! 

Sofria de depressão e estava a ser tratada e medicada com a ajuda da familia. Mas a população continua a não dar atenção às doenças mentais. 

A povo não imagina a dor e sofrimento que isto causa nas pessoas que sofrem e nas familias da mesma! 

Há por aí muitas pessoas que acham que uma depressão é um mero capricho de quem não se sente bem, de quem tem dores, de quem tem ataques de panico... Não é! Não imaginam o quão agoniante é para a pessoa que sofre, o quão agoniante é pedir ajuda sabendo que do outro lado poderá estar alguém que ache que isto é somente coisas de quem não tem nada para fazer. 

Não falo só por falar, infelizmente já passei por várias as quais consegui e tive coragem de pedir ajuda a tempo e horas. Aprendi mecanismos de defesa para que as coisas não piorem e sei notar sinais em mim de que as coisas vão começar a cair!

Tudo começou em 2010 após o nascimento do meu filho mais velho, como era possivel eu como mãe resmungar com um bebé de 6 meses que passava a vida sentado no carrinho a brincar e a ver bonecos? Alguma coisa não estava bem! Fui falar com a minha médica e quando lhe comecei a contar o que sentia e como falava para o meu filho foi a gota... desatei num choro só e aí começou a minha primeira medicação. Após um ano de medicação e como o caso não foi grave comecei o dito desmame da medicação e andei feliz e saudável até 2019. 

O ano de todas as minha provações, acabar 2018 com a noticia que o meu pai estaca canceroso e com metasteses, começar 2019 a leva-lo a Espanha para tratamentos e passar 2 meses sem o ver por não poder ir lá. Saber que esteve duas vezes nos cuidados intensivos e que quase o perdi sem me poder despedir, acabou mesmo por partir sem que lhe pudesse dizer um "até já!".

Abril 2019, após o falecimento do meu pai começou o meu tormento novamente, fiquei eu de tratar de tudo sobre a herança. (Atenção tenho mais 3 irmãos)

Andei a correr para bancos uma semana após a morte dele a deixar pedidos de extratos de contas e ao final de 2 bancos já as lágrimas me corriam pela cara. 

Em Maio para minha desgraça o meu marido tem um AIT (Acidente Isquémico Transitório) e eu sempre na correria dos papéis da herança e a levar o marido a consultas e exames. 

Chega Junho e eu não aguentei mais... entrei no consultório da médica de família (sim esta era a verdadeira médica de toda a família) e desato num pranto que não tinha nem forças nem vontade para nada. Dizia-lhe que me doia o corpo todo e que por vezes tinha falta de ar, um aperto no peito e não dormia!

Fui posta em casa por 30 dias, tomava medicação de manhã e à noite, ia deixar os meus filhos à escola voltava para casa e deitava-me e só acordava na hora de os ir buscar e voltava para a cama. 

Andei nisto mais um ano com medicação para dormir, para estar calma e por fim quando achei necessário fazer o  desmame porque já conseguia reagir "normalmente" na vida veio a pandemia!

Compramos a casa na Aldeia e desde então vamos para lá todos os fins de semana, deixei a medicação em Junho de 2020. 

Comecei a entender que nem tudo tem de girar à volta dos outros, que não tenho que me preocupar com os outros mas comigo e com os meus filhos tudo o resto é um acréscimo.

2021 em maio sou diganosticada com lesão no útero e lá ando eu a correr para biopsias, exames para ser operada em finais de setembro.

2021 passou... covid, férias, escola, trabalho, operação tudo dentro do normal, mas final de 2021 começo de novo a ter insónias, dores musculares nas costas zona lombar e ombros e tudo começa de novo a surgir. 

O facto de não dormir não significa não tenhamos sono mas sim que o nosso sistema não está a desligar como devia por algum problema, são estes pequenos sinais aos quais devemos ter atenção. O porquê de dores musculares se não fomos ao ginásio, não fizemos actividade nenhuma que nos deixasse com dores! 

Continuei assim por 3 meses achando que seria o stress de ter sido operada, apesar de tudo estar bem aquilo fica sempre na nossa cabeça a martelar. Sem médica de familia porque ela se reformou liguei à enfermeira e pedi-lhe medicação para dormir. Sabendo ela do meu historial mandou-me passar no centro de saúde para uma consulta do urgência. 

Adorei o médico e a maneira que ele abordou o assunto, sei que ele tem lá o historial todo mas recordo que me perguntou o porquê de lá estar e disse-lhe que não dormia há uns meses e que sentia necessidade de descansar. A pergunta a seguir foi "não tem vontade de acabar com o mundo?"

Comecei-me a rir e disse "Não Doutor, só quero mesmo dormir, não estou na fase de querer acabar com tudo e com todos só estou mesmo cansada de tudo o que passei desde Maio até agora com a lesão no utero!"

Ele olhou para mim e sorriu, passou-me um relaxante muscular e digo-vos que foram as melhores noites de descanso da minha vida, já não me lembrava de dormir tão bem. 

Por vezes sabermos quando recorrer e pedir ajuda, ajuda-nos a nós! 

Sabermos descodificar os sinais que o nosso corpo dá é o melhor para nós! 

 

Pequena reflexão ou conselho que vos deixo:

Se não se sentirem bem, tiverem dores ou pensamentos que vos atormentam por favor falem com alguém que vos seja chegado, familia, amigos mas acima de tudo falem com o vosso médico peçam ajuda. 

Não é vergonha nenhuam pedirmos ajuda quando não conseguimos sozinhos, não temos que levar o mundo às nossas costas, não temos de fazer estas viagens sozinhos e quanto mais cedo conseguirmos entender os sinais mais fácil será o tratamento e a recuperação. 

Como soube eu quais os sinais? Eu estudei Psicologia e claro já vi um irmão numa depressão profunda que para sair dela precisou de 3 anos e ainda hoje anda medicado. Tudo isto ajudou-me a mim a entender tudo o que sentia e a pedir ajuda. 

Peçam ajuda! 

Link de acesso a informação DGS sobre linhas de apoio à saúde mental

Vacinação Crianças

Ana Gomes
06
Jan22

Eu sempre fui a favor das vacinas, porque afinal desde pequenos que tomamos vacinas para tudo! 

Sou do tempo... sim do tempo em que para me matricular na escola o boletim de vacinas tinha de ir direitinho com tudo em dia! 

Bem mas passemos ao assunto que me trás cá!

Eu já fui vacinada, o marido também e em Dezembro no inicio levei o mais velho à sua segunda dose e o mais novo a 19/12 a levar a primeira dose! 

Hoje, dia 6 de Janeiro de 2022, para que fique registado, peguei no mais novo e levei-o ao centro de vacinação para a segunda dose. 

Ora bem, só se houve falar na vacinação dos pequenos por todos os cantos e esquinas, logicamente levei o meu no dia em que ele teria de tomar a segunda dose... só que não! 

Minha gente, aqui a je, ontem fez um teste rápido covid à criança para ela hoje ser vacinada, deu-lhe benurum de manhã e saiu de casa para a vacina! 

Entramos felizes da vida quando a enfermeira diz "mãe, ele só faz reforço daqui a um mês!"

Ainda nos rimos com a enfermeira, o miúdo acabou por comer pipocas na mesma e viemos a rir e cantar pelo caminho! 

Estou mesmo a fica chalupa de todo com esta coisa do COVID. 

Reflexão sobre a detenção de Rendeiro

Ana Gomes
14
Dez21

Olá de novo, bem sei que vos disse que só voltaria para 2022 mas não consegui! 

Hoje ao ouvir as noticias sobre o Sr. Rendeiro na rádio surgiram-me assim uns pensamentos, digamos assim um pouco hilariantes! 

Ora vamos lá começar, estão prontos?

Primeiro o Sr. Rendeiro teve a brilhante ideia de se escapulir do nosso querido país a pensar que a nossa policia não saberia investigar ou mesmo não saberia de antemão onde o dito senhor iria parar! 

Segundo julgo por mais tempo que ele tenha tido para pensar no assunto e desfrutar da sua vida milionária na África do Sul, não me parece que ele queira ficar por lá de féria num qualquer estabelecimento prisional! 

Agora surge-me aquele pensamento que será o que o Sr. Rendeiro terá tido no ato de detenção... "O Sócrates foi ilibado, o Salgado está em casa demente e eu fugi porquê?"

Estará ele agora a pensar se não seria melhor ter ficado por cá? Afinal a esposa ficou em prisão domiciliária?

2022 que venha ele

Ana Gomes
10
Dez21

Sei que ainda nem chegamos ao Natal, mas sim vou já falar-vos da passagem de ano! 

Este ano como aconteceu o ano passado vou até à aldeia o meu paraíso! 

Quero ver se pelo menos descanso uma semana já que vou fazer essa semana de férias, sei que será impossivel com miudos, almoços e jantares para fazer mas pelo menos tento! 

Tenho intenção de fazer a passagem de ano só para nós os 4, podermos jantar em família, podermos jogar jogos de tabuleiro, o jogo do STOP e acabar a noite no silêncio do monte sem que ninguém nos aborreça! 

Mortinha que chegue esse dia de sumir da cidade! 
Desculpem-me esta vontade mas quero mesmo é fugir deste reboliço, quero não ter horas para nada, quero poder estar sentada no sofá sem ter que pensar em responsabilidades! 

Agora desejo é que venha um 2022 melhor que todos estes anos anteriores e que finalmente as coisas melhorem porque desde 2019, a perda do meu pai quando tudo melhorou... 2020 pregou-nos a rasteira de trazer o bicho e nos tirar a liberdade que tomavamos como garantida! 

 

Desejo-vos a todos umas Boas Festas e agora, em principio só me aturar em 2022! 

Mudar de profissão

Ana Gomes
07
Dez21

Eu deveria começar a pensar em mudar de profissão, não sei digo eu! Ou então serão aqueles instintos femininos a quem chamam sexto sentido. 

 

Sim, vou já avisar que venho para aqui lavar roupa suja! 

 

Vou tentar resumir a história para que entendem do que falo... 

Há quase 3 anos passei pela perda do meu pai, nessa altura antes de o meu pai ficar inconsciente ele decidiu para que não houvesse stresses entre nós fazer a distribuição das coisinhas e assim o fez de plena consciência em testamento e com testemunhas. 

Ora bem agora vai começar a bonita... nessa altura a senhora que mora na mesma casa que o meu irmao (desculpem mas ela a mim não é cunhada não é nada) disse "que se despediu porque precisava de descansar!" 

Eu também preciso de descansar mas tenho uma casa que não se sustenta sozinha! 

Começaram a aparecer gastos e riquezas da parte deles coisas nunca vistas antes porque afinal a "senhora" era poupadinha... vê-se! 

Venderam o apartamento deles para comprar um numa zona chic  dizem eles a custar 500 000 € (sim leram bem)! Entretanto como o apartamento deles foi vendido mais depressa do que esperavam, tiveram uma semana para se mudar para a casa do meu pai. 

Mas como qualquer casa, aquela também carece de manutenção, limpezas e tratamento já que tem piscina, elevador, jardins! Mas claro a "menina da cidade" não queria barulho, não queria estar à espera dos técnicos de manutenção porque tinha MUITO para fazer! 

Querida, se estás sem trabalho deves ter tempo de sobra para essas merdas! 

As coisas azedaram numa viagem que foi feita entre os meus irmãos e a minha mãe onde ela estava incluida, porque tinha de ir descansar! (Até cheirava a suor quando se chegava ao pé dela de tanto trabalho).

Sairam de casa do meu pai e foram morar para a casa chic deles. Atenção o prédio não está terminado, todos os dias há obras dentro de casa deles, não têm ligação a TV de nenhuma operadora e eletrecidade têm não sei bem como! Resumindo o prédio não está pronto, julgo que não haja licença de habitabilidade e que eles ainda não tenham feito escritura. 

Pelas contas assim por alto em tudo o que já gastaram... porque deram a mobilia toda da casa antiga e compraram nova para o apartamento novo, os 2 carros que compraram após a morte do meu pai e um deles de alta cilindrada que em setembro o desfez num acidente na autoestrada devido à chuva. Agora o menino anda com a mania que quer dividir a herança e ameaça desde agosto que o vai fazer, mas atenção isto são palavras deles "Eu não preciso do dinheiro, isto não é pelo dinheiro!"

Se não é pelo dinheiro para que estás tu a chatear a cabeça aos outros principalmente à tua mãe que passou as passas do Algarve durante 4 meses?

Pois não é pelo dinheiro, é porque ela que está desempregada e com o fundo de desemprego a acabar (se o tiver porque foi ela que despediu, diz ela) as coisas não devem estar fáceis... e sustentar 3 carros, apesar de um ser da firma, uma casa XPTO num lugar CHIC, mais o condominio e mais o colégio da miúda ao fim do mês o ordenado dele não chega, isso eu garanto! 

Se eu pago 360€/mes do colegio que é o mesmo do da filha deles, mais 100 €/ semana de gasolina e só sustento um carro, 85 €/mes de luz, 30 €/mes de água e ainda a TV/internet/telemoveis são 99 €/mes e ainda seguro de saude de 4 pessoas 275€ /mes (ele paga 5 porque tem 2 filhos do primeiro casamento e mais a pensao de alimentos), só nisto vamos em 1249 € assim por alto... não esqueçamos que isto são despesas fixas faltam ainda as variaveis dos bens essenciais. 

Ok tudo bem nós ganhamos acima da média é uma verdade... mas a fazer contas a isto se eu ao valor dos 1249 € lhe juntar a pensao de alimentos que ele tem de pagar 1849€, só vos digo a ele pouco lhe sobra depois das contas todas pagas. 

Agora digam-me será que sou eu que estou errada? Será que é mesmo verdade que ele não precisa de dinheiro? Será que ele agora até chega a horas ao trabalho o que não acontecia só para não a ouvir? Será que ele não aprendeu com o primeiro casamento e vai cair na mesma alhada de novo? 

Não me venham tapar o sol com a peneira porque já vou um passo mais à frente! 

NOTA: ele neste momento assiste TV porque nós lhe demos acesso via net ao nosso pacote mas um dia que me dê os 5 minutos eles nem isso vão ter acesso. 

 

Sabem quando as peças encaixam da noite para o dia?

Ana Gomes
03
Dez21

Ai como o mundo nos explica tudo bem rapidinho e de forma simples. 

Ontem ao falar com um funcionário por telefone disse-me que iria para casa por estar indisposto e com problemas graves intestinais. 

Ao que eu na brincadeira disse-lhe para ele beber menos às refeições que aquilo acabaria por passar e ele prontamente me diz "não isto vem da escola dos nossos filhos!" 

Ora bem, estive em casa quarta (feriado) com o miudo, ele comeu tudo o que quis e montes de porcarias e não se queixou de nada nem me disse sequer que estaria com diarreia! Acabei por nem responder e deixar passar! 

Hoje para infelicidade do funcionário, como não conseguiamos entrar em contacto com ele para resolver um problema na máquina que ele controla, ligamos à esposa que passa o dia em casa a coçar micoses (supostamente) ao qual ela explica que:

"Não, ele não está com uma gastroentrite, está mesmo com problemas por intolerancia à lactose porque nós estamos a tomar ácido fólico!"

Agora vou deixar que a minha burrice se desenvolva nas seguintes perguntas:

- O ácido fólico não é só tomado para engravidar? 

Ora bem, assim uma pessoa descobre as verdades todas mais depressa do que eles imaginam mas lembrem-se eles que com quase 50 anos ter meninos é complicado... quando eles tiverem 10 aninhos já vão ter de colocar as babeiras aos paizinhos! 

 

Ok ok agora fui mázinha! 

Presentes de Natal 2021

Ana Gomes
25
Nov21

Não parece meu... eu sei que por esta altura eu já teria o meu escritório em volto de papeis de natal e presentes por todos os lados, mas não... este ano ainda não. 

O que acontece... eu já tenho realmente as prendas de todos os familiares, os cabazes para os tios e afins... falta mesmo a minha produção de canecas personalizadas. 

Isto realmente aborrece-me porque cada caneca pode chegar a demorar 40 minutos em produção desde o design até ao produto final. 

Estive a fazer contas e tenho 34 canecas para fazer! 

Vou passar 1360 minutos da minha vida a produzir canecas! Pronto são só 22 horas e uns trocos! 

Carta aberta ao Sr. Rendeiro

Ana Gomes
23
Nov21

Caro Sr. Rendeiro, 

Vamos lá ver se me consigo explicar de forma simplificada e de maneira a que o senhor entenda como funciona na realidade o nosso País, sim aquele do qual o senhor fugiu porque afinal "não deve nada a ninguém".

Primeiro de tudo, o senhor deve saber melhor do que qualquer um de nós, vulgares Portugueses que pagamos impostos que todo e qualquer processo neste pequeno país é uma pequena enorme burocracia! Sim isso mesmo! 

O senhor deveria saber de antemão que um pedido de indulto ao Senhor Presidente da República implicaria um milhão de papéis, burocracias e claro está um prazo! Sim um prazo para que o senhor pudesse ter solicitado o seu querido indulto por crimes que "não cometeu". 

Pois bem os indultos neste nosso querido país só podem ser REQUERIDOS pelo próprio e no prazo até dia 30 de Junho de cada ano (Artigo 224.º). Pois bem, ou espera mais uma ano no seu pequeno esconderijo ou então nada feito! 

Não me parece que o Senhor Doutor Juiz Nuno Dias Costa o vá ilibar do que quer que seja! Queria que tivesse sido o Juiz Ivo Rosa? Pois lamenta-se a situação mas não teve tal sorte como o nosso coleguinha Sócrates. 

Para terminar lhe digo, que o povo Português até pode deixar andar estas coisas de roubos e vigarices de quem quase acreditava que mandava no País, mas o Tuga não esquece.

Desejando-lhe a melhor das estadias no seu paraíso, espero que um dia tenha vergonha na cara e se apresente em Portugal para pagar e ser condenado por tudo o que roubou ao Estado mas principalmente aos Portugueses. E tal como muitos Portugueses tenho esperança que a justiça seja mesmo cega e seja feita em todos os casos de corrupção com Bancários, Banqueiros, Governantes e afins!

Sei que estou a ser muito optimista, mas a esperança é a última a morrer! 

Deus escreve direito por linhas tortas.

Atentamente, 

Uma Portuguesa 

Porque e perda Gestacional existe

Ana Gomes
29
Out21

Ontem estava a conversar como marido sobre o facto de irmos fazer 10 anos de casados apesar dos 20 que estamos juntos e falou-se (inevitavelmente) no facto de 15 dias depois de casar ter perdido um bebé! 

Sim foram estas palavras que eu disse que despolotou curiosidade no meu filho mais novo que em novembro faz 9 anos. 
Estava na hora de lhe explicar como tinha perdido um bebé e o que era a perda gestacional. 

Pensei eu que a coisa seria fácil... sou mesmo burra! Como pude achar que uma criança de 9 anos consegue entender o que é uma perda gestacional só dizendo-lhe que não tinha batimentos! Ai Ana, Ana acorda! 

Depois de eu proferir esta frase linda e bela ao meu filho "a mãe perdeu o bebé no hospital!"  reparei que o rapaz ficou pensativo mas logo de seguida pergunta-me "o bebé já foi adoptado?"

Desculpem-me mas não aguentei, ri-me que nem louca mas depois percebi que a inocência de uma criança é o mais maravilhoso que há no mundo! Para eles tudo é simples e fácil de resolver, porque segundo o meu filho o bebé tinha fugido do berço e teria sido adoptado por alguém!

Assim decidi explicar de forma simples que a mãe perdeu um bebé no inicio da gravidez que ainda era muito pequeno e que não tinha o coraçãozito a bater!

Ele conseguiu entender e depois ainda me diz "Já viste a minha sorte, não chegava um ia ter dois irmãos mais velhos!" 

Pais por este país e mundo fora conversem sempre de tudo com os vossos filhos, não os deixem na ignorância só porque acham que eles não entenderam ou porque as conversas são um NÃO ASSUNTO para as crianças. É preferivel que eles fiquem a saber pela nossa boca as informações do que obterem informações erradas com os amigos, na internet ou nas redes sociais.